Anvisa altera rótulo de alimentos alergênicos - Dra. Chris Vitola - Nutricionista Funcional - Curitiba - PR

Anvisa altera rótulo de alimentos alergênicos

No último dia 25 de junho a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou a resolução que torna obrigatório o alerta no rótulo que o alimento ou bebida contém um dos principais alimentos alergênicos. Os fabricantes terão 12 meses para se adaptar e os alimentos fabricados dentro do prazo de adaptação poderão ser comercializados até o fim de sua data de validade. A partir desta data será obrigatório conter logo abaixo da listagem dos ingredientes do produtos um alerta do tipo “Alérgicos: Contém [lista de ingredientes]“. Até mesmo o alimento que não contenha em sua composição mas que seja processado em equipamentos que processam um dos alimentos relacionados deverá conter aviso que pode haver traços destes alimentos.

A matéria completa da Anvisa pode ser encontrada no link http://portal.anvisa.gov.br/wps/content/anvisa+portal/anvisa/sala+de+imprensa/menu+-+noticias+anos/2015/diretoria+da+anvisa+aprova+regulamento+sobre+rotulagem+de+alergenicos

Os alimentos que passam a ter alerta obrigatório são aqueles que contenham em sua composição látex natural ou um dos ingredientes listados abaixo:

  • Trigo (centeio, cevada, aveia e suas estirpes hibridizadas);
  • Crustáceos;
  • Ovos;
  • Peixes;
  • Amendoim;
  • Soja;
  • Leite de todos os mamíferos;
  • Amêndoa;
  • Avelã;
  • Castanha de caju;
  • Castanha do Pará;
  • Macadâmia;
  • Nozes;
  • Pecã;
  • Pistaches;
  • Pinoli;
  • Castanhas.

Fico bastante feliz com resoluções desta natureza pois vejo o dia a dia de meus pacientes que sofrem com alergias ou intolerâncias alimentares. Há uma dificuldade muito grande em se adequar uma dieta, principalmente quando o indivíduo apresenta intolerância a um grupo grande de alimentos. A Reação do sistema imunológico mediado pelo anticorpo IgG (comumente chamadas de Intolerâncias alimentares) a muitos destes ingredientes pode ser detectado facilmente pelo teste Food Detective, o teste avalia esta reação do IgG a 59 alimentos. A retirada ou moderação no consumo dos alimentos apontados pelo exame melhoram muito a qualidade de vida do paciente. Já existem mais de 100 sintomas descritos na literatura médica relacionados a alergias e intolerâncias alimentares.

Whatsapp Atendimento